Mensagens Para Orkut - MensagensMagicas.com

Taís Di Crisci

Futura socióloga, atriz, mulher, mãe, 19 anos, paulista, são paulina, irritada, DDA, fumante, carente, loira, ariana, maquiada, estilosa, de personalidade forte, amiga.


@taisdicrisci




Arquivos

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 Under Press
 Caderno de receitas
 Gerald Thomas
 Ponta de Stocker
 Eu posso explicar...
 Terras de Cabral
 Dona Estultícia
 De Olhos Sempre Abertos
 Infinito de Natalia




 


É lindo te ver assim, tão apaixonado. Por mais rapidas que sejam as tuas paixões elas me parecem tão reais, tão profundas, durem elas uma noite, uma semana, um mês. Te ver assim entregue aos encantos femininos, agindo por impulsos, sem pudores, sem razão, possuido de desejo. Apaixonado pelas mulheres, perdido entre olhares, sorrisos, pares de peitos e pernas, encantado. Talvez por isso você seja tão apaixonante. 



Escrito por Taís di Crisci às 23:09
[] [envie esta mensagem
] []





Resenha – Manifesto do Partido Comunista

 

Obra: Manifesto do Partido Comunista (1844)

Autores: Karl Heinrich Marx e Friedrich Engels

A fim de estabelecer limites entre as reais ideias e propostas do Partido Comunista e lendas de um falso comunismo, foi escrito em 1844 o Manifesto do Partido Comunista. Fruto de uma reunião entre comunistas de varias nacionalidades, que também foi traduzido em varias línguas para facilitar a comunicação e disseminar suas propostas, tendo em vista que naquela altura o comunismo já era uma força reconhecida em vários países.

O primeiro capítulo do livro nos fala sobre a história das lutas de classes, das divisões hierárquicas dessas classes e nos mostra a história da burguesia da forma mais crítica, com indagações, respostas e afirmações. Trazendo em pauta a frieza da burguesia em favor do capital, fala da abertura de mercados que possibilitou o triunfo da manufatura e mais tarde do maquinário que transformou a média burguesia em burgueses modernos ou milionários da indústria, nos lembra da ligação entre progresso político e burguês e ousa dizer que “O governo moderno não é senão um comitê para gerir os negócios comuns de toda a classe burguesa”.

A necessidade de novos mercados faz com que a burguesia imprima seus conceitos por todos os lugares, em busca de que seu sistema seja único, ela tenta unificar culturas, costumes, produtos, literatura... Ao mesmo tempo, o proletariado de todos os países recebe a chance de se unir, classificados pelos autores como a única classe realmente revolucionária, a classe onde se apoia a produtividade burguesa recebe do livro o apoio a essa união, as lutas operárias.

No texto, os comunistas se declaram como a parte mais resoluta dos partidos operários, tem como objetivo a derrubada do poder burguês e a conquista do poder político pelo proletariado. Colocam a propriedade burguesa como perfeita expressão da exploração de uns pelos outros, podendo então resumir sua teoria a abolição da propriedade privada, sendo ela a força de movimento do mercado capitalista. Essa teoria se baseia no final do individualismo, do crescimento de capital individual que move tal exploração, e dá razões para o seu fim em prol do bem comum.

Os comunistas defendem o final do poder burguês com métodos para que ocorra o domínio operário, colocando no livro algumas medidas para que este caminho seja alcançado, como “Expropriação da propriedade latifundiária e emprego da renda da terra em proveito do Estado”, “Centralização do crédito nas mãos do Estado por meio de um banco nacional com capital do Estado e com monopólio exclusivo” e “Educação pública e gratuita de todas as crianças, abolição do trabalho de crianças nas fábricas (...) combinação da educação com a produção material”.

A ideia é tirar do poder público o caráter político, quando esse poder político se mostra como a organização de uma classe para a opressão de outra, trazendo assim a concepção de que o progresso individual é condição para o progresso  de todos

Por fim, o texto expõe suas ligações políticas e reforça seus ideais. Mostra como agem os comunistas na Suíça, Polônia e Alemanha, país onde se concentravam as atenções comunistas da época devido ao que os autores chamam de “vésperas de uma revolução burguesa” dando a como o prelúdio de uma revolução proletária, devido aos avanços da civilização e desenvolvimento da classe proletária. Trabalhando pela união e entendimento dos partidos democráticos de todos os países e defendendo a derrubada violenta da ordem social existente, esperam que as classes dominantes tremam a ideia de uma revolução comunista.

 

Resenha do Manifesto do Partido Comunista

Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo

Língua Portuguesa

Professora Eliana Ashe

Aluna Taís Pedrosa Moreno

 



Escrito por Taís di Crisci às 10:48
[] [envie esta mensagem
] []





Lógica dos palcos

E desde que teatro é teatro a atriz coadjuvante quer levar o diretor pra cama querendo o papel da atriz principal, o diretor exalta a atriz principal como sua musa, a atriz principal, por sua vez, só tem olhos para o dramaturgo, e o dramaturgo prefere que os romances fiquem nos livros...



Escrito por Taís di Crisci às 23:18
[] [envie esta mensagem
] []





Há alguns dias vi uma cena absurda, estava me cobrando uma opinião mais concreta sobre o assunto. Uma aparentemente família boliviana, dois homens, uma mulher e algumas crianças, na Praça Dom José Gaspar (Centro de São Paulo), foi abordada enquanto tocava seus instrumentos típicos por um guarda da polícia civil e "convidada" a guardar sua arte e sair dali
Eu já havia lido rumores 
facebooquianos sobre a proibição das apresentações artísticas na rua da cidade, pessoas dizendo que é verdade, outras dizendo que não. Mas nada tinha acontecido assim, na minha frente. 
A atitude do policial nada mais é do que cumprimento de ordens, mas que raio de ordem é essa?? Uma ordem estúpida, que tira das ruas aqueles que nos tiram sorrisos durante os longos dias no centro de São Paulo. Uma ordem que partiu de um sujeito sem, no mínimo, o menor senso de humor, que trabalha, assim como grande parte da população paulistana nesse centro, mas se quer se dá ao trabalho de andar pelas ruas cinzentas e esburacadas que nos cercam, um sujeito que não espera 
ônibus, não perde tempo na fila da recarga do bilhete único,não pega trânsito, não pega metro lotado, não é furtado e muito menos encoxado sem a devida permissão. 
A tal ordem partiu desse infeliz, que vai e volta do trabalho de 
helicóptero, e realmente, os artistas de rua, para ele, não devem fazer a menor diferença. 
Porém para nós, meros cidadãos dessa cidade, os artistas de rua fazem sim a diferença, ouvir de longe aquela música, que te lembra alguém ou algum momento, ser abordado por um 
personagem do teatro, ganhar uma sombra por um minuto, ser galanteada por uma estátua viva, rir das graças de um palhaço, são momentos que sim, fazem a diferença na nossa rotina, nos arrancam sorrisos, lembranças, sonhos, nos fazem voltar, por alguns segundos, a infância e nos ajudam a levar adiante, a continuar fazendo tudo aquilo que temos que fazer.
O sujeito do qual 
falávamos lá em cima, não se importa com nada disso, para ele cidade limpa é a visão sem interferências que ele tem da janela de seu helicóptero.
A mim só cabe por enquanto a indignação com a tal ordem e o agradecimento aos queridos artistas que tanto bem já me fizeram.



Escrito por Taís di Crisci às 14:21
[] [envie esta mensagem
] []





Tá faltando amor

Ta faltando amor, ao próximo mas também a nós mesmos, amor pela vida, pela sociedade, pela vida em sociedade, mas antes de tudo, a nós mesmos a espécie, afinal, somos frutos de uma espécie sem o menor instinto de proteção, capaz de provocar a propria extinção, talvez a única do reino animal.

Essa contânte insatisfação, seja lá com o que, desperta em nós mortais o mais puro desejo de pecar, avareza, gula, luxúria, a constante busca pela perfeição ou pelo menos ao que julganos perfeito. 

Tá faltando amor aos valores, princípios básicos como desejar "bom dia", pedir desculpas e dizer obrigada. Tá faltando amor pela educação, emburrecer a população é e sempre será mais lucrativo. A falta de incentivo a cultura, a ocultação de histórias, fatos, nomes, passados, manter distância da informação. 

Violentamente somos atacados pelo medo, pela mídia, cumprimos prisão perpétua atraz de grades de janelas.

Irônico viver numa sociadade onde não se confia nos vizinhos, mas se confia em políticos. 

tá faltando amor humano, carnal não animal, como já citaram antes "troque seu cachorro por uma criança pobre". Tá faltando limpeza, cuidado, carinho, faltando ar, espaço, tá sobrando gente. Tá faltando carater, moral, faltando tempo, faltando dinheiro e sobrando dinheiro. Tá faltando saúde, comida, casa, terra, produção, diálogo, bom senso, calma, verde.

Tá faltando voz, mas não a vontade de gritar.



Escrito por Taís di Crisci às 17:54
[] [envie esta mensagem
] []





Churrasco

Hoje foi um ótimo dia. hoje eu conheci o kayke como nunca havia conhecido, hoje eu conversei com a Munique como nunca tinha conversado, hoje eu zoei com o Gilmar como nunca tinha zoado, hoje eu chamei o Renan de bebê e ele nem ficou bravo, hoje eu vi o Douglas brincar com meu filho, hoje eu relembrei bagunças com o Lorran, hoje eu bebi com o Adiel, e quis saber todos os detalhes da gravidez da Roberta, hoje eu brinquei com a Bruna e pra variar fiz farra com a Beatriz. Hoje teve mais um churrasco do terceirão 2011, com muita carne, cerveja e pagode, hoje eu aproveitei pra matar a saudade dos amigos, hoje faltaram algumas pessoas que estavam nos meus planos e tornariam o dia perfeito, Bianca, Sol, Pollyanna, Igor, mas hoje foi um ótimo dia, e que ótimos dias assim se repitam!



Escrito por Taís di Crisci às 00:26
[] [envie esta mensagem
] []





Submissão

Nada tem me deixado mais revoltada esses dias do que essa mania de submissão feminina. "Não vou porque meu marido não deixa" "não faço porque meu namorado não quer", na boa, com todo o respeito, vão a merda, vocês e os distintos donos.

Longe de mim ser feminista, moralista ou até ser exemplo pra falar de relacionamentos, mas estou falando é de respeito, pelo outro e por si mesma. Depois reclama quando apanha, reclama quando é traida e reclama que o cara olha pra toda bunda que passa na frente dele, mas me diz, não foi você que deixou isso acontecer? Relacionamentos começam com adimiração, mas onde ela vai parar quando a mulher faz e desfaz tudo que ele manda? Eu adimiro uma pessoa que me desafia, que me causa intriga, não que me obedece, e essa serve para os homens também.

E não me venham falar de amor, não suje essa palavra com atitudes tão bárbaras. Amor é companheirismo, é ficar feliz em ver o outro feliz, é estar do lado, estar dentro, fazer parte da vida do outro, não impedi-lo de ter uma vida. E pode ser que seja tão baixo quanto um assasinato, aos poucos vão os colégas, os amigos, a familia, a confiança, a auto-estima, e derrepente a pessoa te larga alegando que você não é mais aquela que ele conheceu, chega a ser ironico.

E sem querer ser ruim ou sarcastica, mas é bem feito. Afinal, onde vocês enfiaram seu amor próprio?

Que ninguém se ofenda e fique claro que não é nada pessoal, é só um desabafo de amiga, mas é que 2 casos em menos de 48h é demais pra mim.



Escrito por Taís di Crisci às 00:16
[] [envie esta mensagem
] []





Só pra você saber

Só pra você saber desde o dia em que te conheci, penso em você todos os dias, e sonho com você quase todas as noites. Só pra você saber faz mais de um ano que não nos vemos, mas toda vez que fecho os olhos é a tua imagem que vem.Só pra você saber sou capaz de te enchergar em muitos homens na rua. Só pra você saber faz mais de ano que não ouço a sua voz, mas me lembro o tempo inteiro das mentiras prontas que você me dizia e eu adorava escutar. Só pra você saber eu odeio todas as fotos dela, ainda mais porque sei que você tirou. Só pra você saber sou capaz de te reconhecer pelo tenis.Só pra você saber prefiro acreditar que você esta com ela só pra tentar me esquecer, afinal, se eu fiz isso, por que você não faria igual? Só pra você saber torço muito pra que você nunca me esqueça. Só pra você saber acreditei na unica vez que você me disse "Eu te amo", mesmo sabendo que "Eu te amo" depois do sexo significa "Eu amo aquilo que nós acabamos de fazer". Só pra você saber ainda espero meu celular tocar e ver seu nome na tela, ainda espero você aparecer em todos os lugares que eu vou e fico imaginando conversas.Só pra você saber prefiro finjir que ta tudo bem, mas queria ter você do meu lado. Só pra você saber eu fico paranoica toda vez que alguem passa por mim com o seu perfume. Só pra você saber Eu te amo, como nunca amei outro homem. (Amor de filho é diferente). Só pra você saber acho que vai chegar um dia em que você será finalmente meu, e eu serei sua, como nunca deixei de ser. 



Escrito por Taís di Crisci às 15:24
[] [envie esta mensagem
] []





Manhã

Te possuí a noite inteira.

Te fiz, como nunca, a nenhuma outra, mulher.

Minha mulher.

Acordei com o desejo de te ter denovo, entre os dedos, entre as pernas.

Por um minuto me contive a observar, esse jeito doce, delicado de dormir.

No nosso quarto, perdido em meio a fumaça, o teu cheiro de fogo, de sexo.

Te beijo de corpo inteiro, te arranco sorrisos e musmurros, ainda que sonolentos.

Com um beijo digno das melhores paixões francesas te acordo.

Começo tudo denovo, só pra te fazer a mais feliz.



Escrito por Taís di Crisci às 23:55
[] [envie esta mensagem
] []





#Ciladapontocom

A pré estreia do filme "Cilada.com" sessão especial para blogueiros aconteceu ontem no shopping Frei Caneca aqui em são Paulo, e eu estava lá!

Evento nerd total, cada um no seu quadrado, sem interação entre os convidados.

O filme valeu, é um episódio de mais ou menos 2 horas muito divertido, pra quem é fã da série é facil de reconhecer algumas cenas e piadas regravadas.

Os atores estão ótimos, mas ninguém supera Karla Karenina num papel super engraçado e nada forçado.

O filme no geral é light, tranquilo, engraçado, bonitinho, perfeito para uma tarde de frio em casa com o namorado, afinal, não é baixaria demais e nem romântico demais, agrada homens e mulheres. 

Vale a pena!

 

#Fail: Pra um evento de blogueiros foi escolhido um local onde a conexão por ceular é péssima e o site do filme é ciladaofilme.com.br ao invéz de cilada.com  



Escrito por Taís di Crisci às 15:54
[] [envie esta mensagem
] []





Trabalho de Literatura

São Paulo, 4 de maio de 2011.

O povo como personagem principal

Marcado por pura espontaniedade e simplicidade, Jeca Tatu retrata o que seria uma típica figura do interior paulista, seus hábitos ligeiramente brutos expoem o dia a dia dessa região. Essa referência tão real, é a principal caracteristica do pré-modernismo, periodo em que o escritor Monteiro Lobato criou o personagem. Humoristicamente representado em preguiça, o jeito tranquilo de levar a vida aparece no filme como uma qualidade, que leva nosso astro a uma grande popularidade com a vizinhança e ataques dos que se dizem mais espertos do que ele. 

Baseado no que assistimos, podemos perceber uma leve inocencia de Jeca Tatu. Sofrendo consequencias do que não fez e acreditando no poder divino sobre todas as coisas, o caipira acaba inspirando compaixão por parte dos leitores e no caso espectadores. Causando por tabela a compaxão com os personagens reais da história, um povo simples e de muita fé na igreja católica, que Monteiro Lobato conhecia de perto por ter nascido nessa região e vivido entre eles. 

Encantadoramente real, o filme nos leva ao mundo dessas pessoas, com bom humor nos mostra os problemas e delícias desse povo, nos fazendo viver experiências novas, porém verídicas, como sugere o periodo literario em questão, o pré-modernismo.



Escrito por Taís di Crisci às 12:43
[] [envie esta mensagem
] []





Bene

Hoje vi passar um velho amigo, não me viu. Tive vontade de chamar, mas não tive coragem. Não que eu não goste de quem sou hoje, mas ele gostava tanto de quem eu era, que não quis decepciona-lo. 



Escrito por Taís di Crisci às 17:10
[] [envie esta mensagem
] []





Bernardo Moreno Guimarães

Filho, tudo que eu sempre sonhei, hoje se materializa em você. Você chegou quando eu menos esperava, e quando eu mais precisava. 

Um dia você vai saber de todas as histórias, problemas e conflitos, mas o que posso te adiantar é que você salvou minha vida. 

Já estou com saudades do barrigão, foi tão gostoso sentir você aqui dentro por esses 9 meses, mas nada se compara a alegria de poder te olhar nos olhos, te amamentar, te pegar no colo. Me falaram que  ter um filho seria abrir mão da diversão, das baladas, mas esqueceram de me contar que nada disso tem valor perto de um sorriso seu.

E eu vou ficar, o tempo que eu puder, simplismente olhando pra você, adimiranto seus gestos, sorrisos, suas caretas e barulhinhos..

E vou vendo você crescer, tentando te ensinar um pouco do mundo, tentando fazer de você uma pessoa melhor do que eu, e acima de tudo tentando fazer de você um homem capaz de amar, um homem feliz!



Escrito por Taís di Crisci às 18:21
[] [envie esta mensagem
] []





Grávida

Admito que chorei, que tive medo, até um leve desespero quando soube da sua existência, e só posso te pedir perdão. O que naquela manhã parecia o fim, hoje é o começo, da sua vida, da minha vida, da nossa felicidade. Ainda derramo lagrimas sim, quando vejo suas fotinhas no ultra e escuto seu coraçãozinho. 
Queria te contar que quem até outro dia sofria com gorduras inexistentes de uma anorexia, hoje admirabarriga crescendo e dá pulos de felicidade com ela, quem passava dias sem comer, aprendeu a comer de duas em duas horas pra não quase morrer de enjôos.
Descobri as delícias de ser mãe, que muito melhor que compras de grifes, são as compras pra você, melhor ainda é imaginar seu rosto, sonhar com você no meu colo, suas mãozinhas e pezinhos, seus sorrisos. 
Te espero com o nervosismo de quem espera o primeiro beijo, com a ansiedade de uma criança antes do natal e com todo o amor, carinho e cuidado que só uma mãe é capaz de ter com seu bebê.

Benardo mamãe te ama!



Escrito por Taís di Crisci às 17:40
[] [envie esta mensagem
] []





Lar, doce lar!

Finalmente depois de tantos anos,de volta para São Paulo,e de vez! E o melhor de tudo,morando sem papai e mamãe, ok confesso, eles estão no apartamento de cima,mas ai.. que sensação de liberdade!

Namorido chega amanhã pra começar a experiência e ver se a gente pode casar ou não.. 

Ta divertido!



Escrito por Taís di Crisci às 01:57
[] [envie esta mensagem
] []



 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]